sexta-feira, 11 de julho de 2008

Paixões Antigas

Semana passada eu voltei a reviver fortes emoções, pois a partir de agora sou mais um feliz usuário de um maravilhoso Macintosh! Sim, finalmente consegui comprar novamente um computador que, da fato, é um computador. E a aquisição foi algo extremamente simples e rápida, diga-se de passagem! Na noite (sempre a noite) do dia 04, estava eu a navegar pelos sites de comércio eletrônico quando vi uma promoção relâmpago de produtos Apple. Comecei a olhar os produtos disponíveis para ver qual era a tal da promoção e percebi que os Macbooks estavam com descontos de até R$ 1.000,00 e os preços ficaram bem atraentes e então, subitamente, resolvi "comprar"! Cadastro preenchido, forma de pagamento definida, administradora autorizando e na tarde de terça-feira, dia 9, uma transportadora encostava na frente da minha casa e uma linda caixa branca com uma maçã na cor cinza me era apresentada.


E então, com muita ansiedade, meu novo brinquedo é revelado:


Foi amor à primeira vista (nada de trocadilhos com o produto de Redmond). Ao ser ligado pela primeira vez, pude mais uma vez constatar o que é um Macintosh! Simplesmente um bonito vídeo de boas vindas e em seguida algumas poucas pergunta e pronto, meu novo computador já estava preparado para trabalhar.

Essa minha paixão pela Apple é bem, mas bem antiga mesmo! O meu primeiro contato com computadores foi com um Exato Pro da CCE! Um clone (na época acho que era permitido) do mundialmente famoso Apple ][+! O computador foi um presente do meu pai pra mim, pois ele percebeu na época o meu grande interesse por esse admirável mundo novo.


Foi com esse computador aí em cima que comecei a minha carreira, vamos assim dizer. Foi com ele que aprendi a programar (em Basic) e aprendi lógica de programação (na marra, diga-se de passagem)! A configuração? Só digo se você prometer nao rir!!! :)
  • Processador Motorola MOS 6502 rodando a 1 Mhz (é isso mesmo, 1 Mhz)
  • 48 KBytes de RAM on board (extensível até 128 Kbytes)
  • 12 Kbytes de ROM
Você pode estar se perguntando: - Ué? Cadê o HD?

Amigo, estamos em 1985 e Hard Drive (ou Winchester) nessa época é mais raro do que notas de 100 reais hoje. De quebra, o meu "sistema" tinha um drive de disquetes de 5 1/4 polegadas onde eram armazenados 360 Kbytes de informações, 180 por lado! Hoje eu acho muita graça disso, mas este computador (e os demais da Apple que vinheram depois) sempre estiveram muito, mas muito à frente da sua época!

Depois dele, comprei um Apple //e, uma evolução natural do Apple ][. Mais memória (64 KBytes), mais processamento (1,5 Mhz). O meu era um TK3000 da Microdigital.

Foi com essa máquina aí em cima que conheci o mundo das planilhas eletrônicas, como o Visicalc! E também o mundo das "adventures", jogos de computador que eram similares a livros. Só que, ao invés de você simplesmente ler, há uma interação com a história, tornando-a super interessante e podendo ter vários desfechos. Lembro que nessa época a gente criou em Linhares, o Clube dos Micreiros. Eu e mais um monte de amigos nos reuníamos (às vezes na minha casa, ou então na casa de outros membros) e ficávamos a tarde inteirinha trocando programas, jogando e conversando sobre computadores. Foi também nessa época que comecei a trabalhar mesmo com informática, criando programas e executando serviços dos mais variados.

Depois veio o Expert, da Gradiente, um clone do padrão MSX. Foi a minha primeira "saída" do padrão Apple.


Eu adquirir esse computador quando morava em Vitória. Havia 4 pessoas que tinham essa máquina no prédio onde eu morava e então pude ver que a "oferta" de programas para ele era muito maior, além dos jogos, que também eram bem melhores do que os vídeo-games e computadores da época (fora o Amiga). Fiquei com esse computador por algum tempo e então retornei triunfante para a Apple.

Um amigo que veio dos E.U.A. trouxe um Apple //GS e eu não pensei duas vezes antes de adiquirí-lo.


Esse sim, foi um computador que até hoje eu sinto saudades! Observe a tela (COLORIDA)... Até então, para ver cores, tinha que ligar o computador numa televisão (geralmente uma Telefunken). Olhe o mouse... Sim, amigo, o Apple //GS utilizava interface gráfica. O sistema operacional era o Apple Gui e cara, o que esse computador fazia na época, creio que nem o Windows hoje consegue fazer ;)! Era um computador fantástico... As aplicações, os games, enfim, tudo era de uma simplicidade e de uma beleza que deixavam todos boquiabertos na época. Só para nos situarmos, estamos em 1987! Do outro lado, a IBM estava no 286!

Então, depois do Apple //GS, saí definitivamente do mundo Apple e partir para a (aaaarg!) linha IBM-PC e compatíveis. Foi algo relativamente triste e forçado pela época e também por falta de tempo ($$$). Primeiro, o Macintosh já havia sido lançado e estava consolidado no mercado, mas não havia desembarcado no Brasil por causa da reserva de mercado imposta pelo presidente Figueiredo. Depois era o preço abusivo que os "empresários da fronteira" praticavam... Um Macintosh não saía por menos de US$ 3.000,00 (três mil dólares). Não tenho idéia da moeda na época e nem por quanto sairia em moeda corrente local, mas era muito, mas muito caro mesmo! E então isso me dificultou a continuar no pomar de maçãs e me fez partir para o outro lado, o da Big-Blue!


E então, após ter entrado no mundo dos "Personal Computer's'' (ou Problematic Computer's) com um PC-286, vim evoluindo com ele até os dias de hoje, com meu Intel Core 2 Duo... Sempre foi melhorando (fazendo upgrades) das máquinas e sempre fui tendo computadores melhores. Nota: durante esse período, voltei uma certa vez para a Apple e adquiri um Macintosh Performa:

Fiquei 3 anos com essa máquina! Na época, as máquinas eram 486's DX 4 100 Mhz rodando (porcamente) o (bugado) Windows 95 e um Macintosh com o Mac OS 5.alguma coisa era infinitamente superior (na verdade, sempre foi) do que os concorrentes do momento! Internet era raro e mesmo sem ter ninguém por aqui por perto para "trocar" programas e informações, adquiri o Macintosh e fui feliz com ele por 2 ou 3 longos anos! Lembro que vendi ele para um amigo que trabalhava com computação gráfica!

Mas então continuei sendo um infeliz usuário do padrão IBM-PC e sempre fui um ávido admirador da plataforma Apple. Nunca deixei de acompanhar o que acontece no pomar mais desejado do mundo e sempre fui um fã do Sr. Jobs! Até que na semana passada, conforme já disse, voltei triunfante e agora posso gritar com todas as letras, ou cores:

2 comentários:

INUTILIDADES disse...

Que post irado.Eu que curso informática,fico irado nessas informações...grandes histórias possui o sr Adilson..rsrs

jouhilton disse...

Olá camarada vc por aqui muito legal eu tambam curto muito isso gostoei pacas do seu blog super legal´.

É isso ai mada ver , grande abraç.