segunda-feira, 23 de outubro de 2006

Pra não perder o costume...

Estou totalmente sem inspiração para escrever. No dia-a-dia da minha vida, viajo em várias situações e até comento: "Isso dá um post em Noites, heim?!?". Mas é só chegar em casa, ligar Paula Cristina que tudo passa e fico sem vontade (ou inspiração) para escrever! Como já tem algum tempo que não posto nada sobre eu mesmo, então vou contar um pouco sobre... Bom, na vida pessoal não tenho muito a dizer, a não ser que estou super tranquilo e vivendo. Meu(s) relacionamento(s) estão legais e "saudáveis" e não tenho nada o que balangar. Estou rodeado (sempre) por pessoas interessantes e boas. Esse final-de-semana mesmo teve uma festinha(?) aqui em casa e o pessoal resolveu fazer uma muqueca de robalo ao molho de camarão. Não curtir muito a idéia, pois não sou muito chegado a peixe não! Evito ao máximo comer. Só em último caso mesmo que como! Enquanto a tal muqueca era feita, ficamos tomando cerveja e conversando. Um amigo trouxe uma garrafa daquela cachaça de Salinas, aquela mesmo que custa US$ 140,00 a garrafa e resolvi experimentar! Não gosto de cachaça (apesar de já ter tomado) e tive que tomar umas 10 doses, afinal de contas estava experimentando... :) E não é que a tal da pinga é boa mesmo! Quando a muqueca ficou pronta, não teve jeito: comi e comi com gosto! Tava muito, mas muito boa mesmo! A típica muqueca capixaba, com pirão, arroz branco e tudo o mais que se tem direito. Rolou até uma salada de alface com queijo parmezão ralado que também ficou um show. E depois da comilança, ainda ficamos conversando e tomando algumas cervejas. E eu ainda experimentando a tal da Salinas. A cachaça realmente é boa...
Bom, voltando a falar da mim, minha vida profissional também está muito bem, obrigado. Apesar de alguns probleminhas me envolvendo que tenho que resolver, do resto está tudo caminhando certo. Novos clientes, novos projetos, novas propostas e a ABC Software prosperando a cada dia que passa. Esse final de ano mesmo estamos de mudança para a nossa nova sede. Agora temos sede própria! Ainda estamos acertando alguns detalhes do novo escritório, mas em breve já estaremos instalados e produzindo a mil por hora. Um detalhe interessante que vale ressaltar por aqui é que estamos incomodando, e muito aos nossos concorrentes. Temos três concorrentes por aqui... Aliás na verdade temos um só, porque o outro não chega a ser tão concorrente assim! E essa semana que passou um cliente desse concorrente nos procurou e após ver o nosso software, o Parceiro, ficou literalmente espantado. Suas palavras foram: "Nossa! Não imaginava que vocês tinham um programa tão bom assim! Tinha uma outra idéia do programa de vocês! Vamos fechar imediatamente." E agora há pouco (via e-mail) fiquei sabendo que o cara do outro programa ficou puto da vida comigo. Confesso que meus olhos brilharam - vi pelo reflexo do monitor :) - ao ler a mensagem e pensei comigo: "Que ótimo que ele tá assim comigo. É bom ele saber que estamos trabalhando e que nosso produto é muito, mas muito melhor que o dele". Estou com minha consciência super tranquila, pois vivemos em uma democracia e isso é nada mais que negócios, não é mesmo? Quem tiver um produto melhor, ganha... Não é como o Banco Imobiliário, onde se joga dados e quem tiver um pouco de sorte ganha (se bem que um pouco de sorte também ajuda nos negócios).
Finalmente, a minha vida pedagógica também está super bem... Estou lecionando um módulo super chato (Lógica de Programação) e recebi alguns e-mails de alunos que, para minha surpresa, estão adorando a matéria. Tenho plena consciência de que o assunto não é tão interessante e procuro sempre torná-lo o mais agradável possível. Quando saio da escola após as aulas, no caminho até a minha casa me imagino como um aluno e questiono: "Se eu fosse um aluno, como eu acharia que foi a minha aula hoje?" e sempre chego a conclusão que foi legal. E para comprovar ainda mais a minha tese, sempre peço um feedback aos coordenadores de curso sobre as avaliações que os alunos fazem ao meu respeito e as mesmas são sempre excelentes.
Concluindo, apesar de tudo está bem, ainda existem pendências e problemas a serem resolvidos! Como diz um amigo, "nem tudo são flores"...
Bom, isso é tudo por enquanto... No mais, tudo está cominhando, a passos curtos, porém firmes...

Um comentário:

SACANITAS disse...

ei xuxu!

isso pq ainda nao comeu a moqueca baiana com azeite de dende!!!!

:P

e gostei da sua maneira de experimentar a cachaca hahaha
varias doses!

traquino!

beijo beijo