segunda-feira, 20 de dezembro de 2010

Chances

Às vezes tenho alguns devaneios acerca das casualidades da vida e hoje pela manhã tive um em relação a alguns acontecimentos passados e também no que está acontecendo no presente momento. Imaginei que temos algumas chances em nossas vidas. Em determinados momentos, nos é fornecido uma nova oportunidade de corrigir, acertar, reiniciar ou mesmo começar algum, como é chamado em programação orientada a objetos, “evento”. E, infelizmente, somente os mais espertos conseguem aproveitar essa nova chance. Caso você não a aproveite, esqueça. Você simplesmente perdeu! Nada de apertar e tecla ESC e começar de novo. Não, na vida essa tecla não existe. É somente dado uma única oportunidade necessária e caso você a perca, lamentará o resto da sua vida, ou pelo menos por um longo, longo tempo, até receber uma outra. Isso se vinher a receber. Portanto, devemos ficar sempre atentos para essas chances. Elas costumam chegar em momentos que você nem imagina. Momentos sutis na vida, onde as vezes achamos que tudo está perdido ou que nada dá certo. Devemos ficar sempre ligados para que essas oportunidades não passem despercebidas. Em certas fases, não podemos mais nos dar ao luxo de perder o tiro de largada para buscar essas chances. E, quando elas aparecerem, agarrá-las firme e não deixá-las mais ir, pois uma delas pode ser, simples e puramente, a sua felicidade. E então se encontrar e seguir o caminho. E concluindo o meu devaneio: eu perdir algumas.

Nenhum comentário: