quinta-feira, 9 de abril de 2009

Na Quinta-Feira Santa

De que são feitos os dias?
De pequenos desejos,
vagarosas saudades,
silenciosas lembranças.

Não sei porque, mas este pequeno poema me veio em mente agora há pouco! Deve ter sido pelo e-mail de um grande amigo(?) que acabei de ler e me bateu uma nostalgia tão grande, mas tão grande! :(
Sem mais o que dizer (por enquanto), me dispeço com uma lágrima forçando a saída! Mas não deixo... Agora não!!!

Nenhum comentário: