segunda-feira, 8 de maio de 2006

Solidão

Tem uma frase de Paulo Coelho, onde ele diz: "Tenha cuidado com a solidão. Ela vicia tanto quanto as drogas". Pois é, acho que estou ficando viciado em solidão e o que é pior, estou gostando disso. Não que eu não goste das pessoas que me cercam, pelo contrário, sou rodeado por pessoas boas e cultas, que gostam de uma boa conversa, mas o lançe é que cada vez que fico sozinho por algum motivo qualquer (e de uns tempos pra cá tenho ficado bastante), sinto-me muito bem! Acho que é esse sentimento de "carta marcada" que tenho vivido que me deixa assim! Mas ao mesmo tempo que gosto da solidão, muitas vezes também tenho muitas saudades e isso dói bastante . A ficha caiu quando estava passeando pela Web e cheguei num blogger chamado "Diário de um Solteiro" e li o post chamado "Ah... Saudades"! Lendo esse post é que pude perceber o quanto me sinto sozinho. Se você ler e compreender nas entrelinhas o que o autor quis dizer, você compreenderá o que estou tentando escrever aqui. Fica difícil dizer certas palavras e as pessoas entenderem realmente o que você quer dizer. Esse sentido mesmo de "saudades" que escrevo são de coisas que poucos entenderiam como eu gostaria que entendessem. São saudades tristes e alegres ao mesmo tempo. Mas uma outra hora eu escrevo mais sobre essa tal de saudade que insiste em doer no meu peito. Por hora, fica aqui um outro pensamento que gosto muito e acho que tem tudo haver:

" A Solidão é a sala de audiência de Deus. "

Em tempo...

" Solidão é quando o coração, se não está totalmente vazio,
sobra lugar nele que não acaba mais... "

Nenhum comentário: