segunda-feira, 3 de janeiro de 2011

Começar de Novo


A primeira música que ouvi ao chegar hoje pela manhã na minha sala na empresa foi “Começar de Novo” de Ivan Lins. Já conhecia a música há um bom tempo, mas nunca tinha parado para ouví-la, com a cabeça e também com o coração. Apesar de ter uma conotação mais pessoal e íntimo, levo ela para uma forma mais geral na minha vida e destaco um verso da letra:
Ter me machucado, ter sobrevivido
Ter virado a mesa, ter me conhecido

Pois é… Acredito que vai valer (e que valeu) a pena, por muitas(?) coisas! E agora, como diz a letra e aproveitando o novo ano que começa, é recomeçar: recomeçar a caminhada, recomeçar os projetos parados há tempos, recomeçar ideias engavetadas, recomeçar aspirações e inspirações antigas e, também, recomeçar paixões. Tem um ditado que diz que paixões adormecidas são como brasas. Basta um simples e pequeno sopro para que reacendam e tornem novamente a brilhar. E é isso que tem acontecido, com algumas antigas e também com novas.
Não vou começar esse ano fazendo listas (promessas) que não serão cumpridas e, mais uma vez, ficarão para 2012. Apenas vou comentar que tenho alguns projetos em mente (já estão todos devidamente cadatrados no meu gerenciados de projetos) e que com certeza vou concluí-los! Não preciso citá-los, pois não quero causar nenhum tipo de comentário (nem positivo e muito menos negativo). Me limito a afirmar que, quando eles forem concluídos, serão citados aqui em Noites!
No mais, é isso… Começar de novo… Sempre…

Nenhum comentário: