quarta-feira, 5 de abril de 2006

Encontros Transcendentais

Esses tempos atrás eu e Jim Mamona estávamos conversando sobre música e ele me mostrou uma música do King Krimson que a melodia é praticamente idêntica (numa parte, claro) a música Detalhes de Roberto Carlos. E ao ouvirmos uma e outra, ele comentou comigo que esse lançe era meio que "transcendental", pois as melodias são iguais, mas as letras são bem diferentes. Realmente, se você parar para pensar, não tem como um ter copiado (ou plagiado) de outro. É algo que simplesmente aconteceu! Apesar de não acreditar muito que as coisas acontecem "por acaso", isso me deixou pensativo...
Bom, segunda-feira passada estive em Jacupemba atendendo alguns clientes e num dado momento lembrei-me de um "caso" que eu tive há um bom tempo e fiquei curioso de saber como que esta pesssoa estava. Fiquei parado algum tempo enfrente a sua casa pensando: "Onde será que se encontra essa figura?" Pensei até em procurar alguém na casa para saber notícias, mas não levei a idéia a frente. No outro dia, estava eu lanchando numa padaria ao lado do escritório quando uma mulher passou rapidamente pela calçada. De repente, ela voltou e entrou na padaria e apontando para mim perguntou: "Júnior Cápua?" De cara eu não a reconheci, mas ela se apresentou e, depois de 10 anos - sim, estou ficando velho :) - eu reencontrei um grande caso da minha vida! Digo um grande caso, pois nosso realcionamento foi bastante intenso mesmo nos poucos dias que durou! Conheci ela na academia - é, na época eu frequentava - e fomos ficar juntos mesmo numa festa em outra cidade. Foi algo assim, transcendental eu ter encontrado essa pessoa. Ficamos um bom tempo conversando e descobri que ela está morando agora nos Estados Unidos e pelo que me contou, está muito bem! É interessante isso né? Depois de muito, mas muito tempo mesmo você encontrar alguém com quem teve algo é muito legal. Ela me deu o telefone dela e eu, pra variar, dei meus e-mails e meu telefone celular também! Ah, e não posso deixar de comentar que recebi um convite para ir passear lá! Uma coisa boa é que já tenho onde ficar! hehehe!!! A parte ruím da história é que ela vai ficar apenas alguns dias por aqui e seria muito legal poder conversar mais com ela... Mas ela me disse que no final do ano volta para passar algum tempo por aqui... Aí talvez poderemos reviver aquele passado que foi muito, mas muito bom mesmo!!! ;)

Um comentário:

Anônimo disse...

agora quem ficou com ciumes, eu aqui, beijos ...
te curto muito
graci