terça-feira, 28 de novembro de 2006

Palavras Mal Ditas

Tem um pensamento que diz:

"As três coisas que não voltam atrás: a pedra lançada, a flecha arremessada e a palavra dita."

Sinceramente eu não entendo o que acontece comigo! Muitas vezes eu digo coisas que, de certo modo, não deveria dizer. Aliás, tenho que seguir um outro que diz o seguinte:

"Fazei com que vossa língua não vá além do vosso pensamento!"

Mas não, sempre abro a minha enorme boca e digo coisas que não deveria! Mesmo sendo verdades (ou não). Às vezes, o melhor a fazer é ficar no mais completo silêncio, como eu fiz num passado não tão remoto. Mas um minuto de bobeira (ou viagem) e pronto! Até eu consegui que a pessoa entenda o que eu realmente quis dizer, foi-se longas e mais longas discussões ou até mesmo pequenas antipatias pelo simples fato de "má interpretação"!
Recentemente eu enviei uma mensagem para alguém e essa pessoa entendeu a mensagem de uma maneira completamente adversa do que eu, de fato, quis dizer. E fiquei deveras chateado por isso, pois não era para ter sido interpretado da forma como a pessoa interpretou. E agora cá estou lamentando o ocorrido. Mas vou corrigir isso... Vou pensar em todas as nuanças possíveis para que a mensagem seja compreendida (e entendida) da maneira como que pensei, sem duplas interpretações. Por enquanto, vou atualizar o pensamento e trazê-lo para esse selvagem início de século:

" As cinco coisas que não voltam atrás: a pedra lançada, a flecha arremessada, a palavra dita, o torpedo disparado e o e-mail enviado. "

Well, como dizem os franceses: Ces't la vie! ...

Um comentário:

Paula disse...

É complicado, as vezes eu tento falar o menos possível para evitar esse tipo de confusão, principalemnte no trabalho, mas mesmo assim, as pessoas sempre acham um jeitinho de te colocarem em algum rolo!! Didícil.. difícil..

Beijo amigo, boa semana!!