quinta-feira, 30 de novembro de 2006

Passando Vergonha

Putz! Terça-feira passada aconteceu um lançe comigo num dos meus clientes que me deixou assim, sem jeito mesmo! Raramente fico sem saber "o que fazer" quando algo desagradável acontece ou mesmo quando algum mico está para acontecer. Bom, sempre tenho um relacionamento muito amigável e saudável com meus clientes e parceiros. Estava numa loja resolvendo alguns "pobreminhas" quando cheguei perto de uma vendedora (que é minha amiga e chegada) e comentei olhando-a de cima em baixo:

- Nossa! Por que você está tão filet assim hoje?!?

Nisso, a proprietária deu uma leve catucata nela e saiu de perto, subindo para o escritório.
Um homem se aproxima da gente e ela diz meio sem jeito:

- É pra ele... Esse é o meu namorado...

Eu, já ficando sem graça e vermelho olhei para o cara e disse já meio engasgado com a saliva que se formava:

- É (glup!) mesmo?

E ela confirmou, rindo meio sem graça também. Nesse instante o homem diz:

- Muito prazer, sou Adilson, namorado dela... -

Sim, o cara também era meu xará... :/

Cara, se houvesse algum buraco por ali eu anfiava a cabeça... Um a um os vendedores foram saindo de perto e eu fiquei ali, parado olhando para o homem sem saber o que fazer e o que dizer. Raramente isso acontece. Sempre tenho alguma "saída pela direita", como o Leão da Montanha. Mas dessa vez, o Pentium IV Dual Core simplesmente travou, o Windows parou de responder e
faltou pouco para uma famosa tela azul, ou vermelha! O namorado dela (agora eu sabia disso) comentou algo com ela que não me lembro agora, deixou um presente que ele estava ali esperando para dar e se retirou...
Não preciso nem dizer que depois disso o povo lá da loja caiu em cima de mim me sacaneando pelo furo... Putz! Essas coisas só acontecem comigo!!!

Nenhum comentário: